UNIMED - Sergipe
06 de Novembro de 2020

Entrevista exclusiva com o diretor presidente da Unimed Sergipe Dr. Carlos Alberto Menezes

IMG_5332.JPG

 
Em entrevista ao caderno Thais Bezerra, o médico Carlos Alberto de Mendonça, diretor presidente da Unimed Sergipe. Dr. Carlos compartilhou sobre os desafios e expectativas da nova gestão da Unimed Sergipe. Dr. Carlos Alberto é Médico, Cirurgião, Especialista em procedimentos cirúrgicos da Cabeça e do Pescoço, formado pela Universidade Federal de Sergipe e com título emitido pelo INCA – Instituto Nacional do Câncer do Rio de Janeiro.
 
Vamos saber sobre os desafios e expectativas da nova gestão da Unimed Sergipe.

THAÏS BEZERRA - Como foi assumir a gestão da Unimed em meio à pandemia da Covid-19?
CARLOS ALBERTO DE MENDONÇA - Quando assumimos em março deste ano, já sabíamos que enfrentaríamos momentos de muitas dificuldades. A experiência de ter passado pela direção da Unimed há 10 anos atrás, nos ajudou a preparar a estrutura para enfrentar as adversidades com bastante coragem. Graças a Deus, atravessamos esse período com resultados muito positivos, o que nos gerou um reconhecimento nacional, como uma das Unimeds que melhor desempenhou seu papel na assistência aos clientes, durante o período da pandemia. Mesmo com os números positivos, permanecemos alertas e com toda nossa estrutura preparada para atender pacientes com Covid.

TB – Como foi a atuação e os resultados do Hospital Unimed durante a pandemia?
CAM – Nosso Hospital teve excelentes resultados, graças ao trabalho de planejamento, segregação de fluxo e preparo técnico e humano do nosso RH. O atendimento do paciente com suspeita ou confirmado com Covid, era atendido em área distinta das demais, transportado para internamento em fluxo apartado, desde o elevador até o leito de destino. Com exceção da máquina pública, fomos o único serviço a disponibilizar o exame de detecção do vírus - o PCR, no próprio serviço, quando todos os demais dependiam de resultados de laboratório de fora ou do Lacen, que passou a trabalhar com uma super demanda, na ocasião. Além disso, como havia desabastecimento de alguns insumos no mercado local, inclusive de alguns medicamentos, nossos usuários passaram a receber os medicamentos indicados pelos profissionais médicos, após o atendimento na urgência gripal. Nossos resultados foram surpreendentes e inspiraram uma apresentação para todo o sistema Unimed, como fonte de inspiração. Enfim, todo o esforço atesta a segurança dos nossos processos, bem como nossos resultados, nesse período tão conturbado.  

TB - O que você considera ser o ponto forte da sua gestão?
CAM - O trabalho focado na humanização do atendimento e a qualidade na prestação dos serviços. Nossa gestão será centrada no benefício ao cliente e na valorização dos médicos cooperados, num trabalho com método e evidência de resultados que sejam perceptíveis para todos os interessados – para o cliente Unimed, para todos os cooperados, para o RH da empresa e para a comunidade. Temos em mente que precisamos equiparar aos melhores serviços prestados inclusive por outras Unimeds, de forma a replicar melhores modelos de negócios e serviços para atender às expectativas dos nossos clientes. O cliente Unimed é o foco dessa gestão!

TB - O que os clientes Unimed podem esperar da sua gestão, para os próximos anos?
CAM - Uma expansão robusta na prestação de serviços, além de melhoria substancial dos nossos recursos próprios. Pretendemos criar novos centros clínicos: na capital, Itabaiana e Lagarto. Ampliaremos também as instalações do Hospital Unimed, com o investimento em algumas especialidades, como na oncologia e cardiologia, que passarão a funcionar já a partir do próximo ano, bem como o volume de atendimento aos beneficiários em todos os serviços.

TB - O que você considera ser o diferencial da Unimed?
CAM - Um forte diferencial que temos é um preço de produtos, extremamente competitivo, quando comparado a outras operadoras que tenham performance semelhante à nossa. Outro diferencial que temos é o compromisso de cada vez mais ampliar a oferta de serviços aos nossos clientes, não esquecendo de investir na atenção primária, oferecendo também uma estrutura bem funcional, para atuar na prevenção e controle de doenças.

TB - Como o senhor entende o posicionamento da Unimed no mercado, frente a outras operadoras?
CAM – Somos uma operadora de saúde genuinamente sergipana, comprometida com os valores e necessidades da nossa gente. A sergipanidade está no nosso DNA e todos os nossos recursos giram em torno do mercado sergipano. Temos o compromisso de cada vez mais ampliar a oferta de serviços aos nossos clientes. Buscamos prestar um atendimento acessível, com um custo-benefício bem gerenciado, o que é uma vantagem competitiva em relação aos demais planos no mercado. É nosso propósito ampliar o número de usuários a serem beneficiados com nossos serviços. A nossa infraestrutura nos permite garantir a oferta de serviços seguros aos nossos clientes. Somos também uma equipe de gestão preparada, com experiência em suas áreas de atuação, sendo que a maioria dos gestores foi trazida do mercado para desenvolver as metas estratégicas da empresa e somos uma equipe sempre disponível a receber nossos clientes e dialogar diretamente com cada um deles. Aqui ele fala diretamente com a diretoria da empresa, se houver necessidade.

TB – Como o senhor pretende trabalhar a marca Unimed durante essa gestão?
CAM - Ampliando o número de médicos cooperados, para que o cliente não tenha que esperar muito tempo por uma agenda disponível para consultas e exames, melhorando a remuneração do médico cooperado (o que já começamos a atuar e seguiremos até o final do próximo ano), investindo muito em treinamento de todo o RH, buscando a validação da segurança da assistência que prestamos, através do selo de Acreditação para todos os nossos serviços, começando pelo Hospital e avançando para os demais, investindo nos nossos serviços próprios, ampliando parcerias interessantes para a Unimed, levando a Unimed para o interior do estado, ou seja, há um plano de interiorização em curso, fortalecendo assim o sentimento de sergipanidade mencionado anteriormente. A Unimed é não só uma marca forte, mas sobretudo uma operadora sustentável e que pretende ampliar sua participação no mercado.