UNIMED - Sergipe
08 de Fevereiro de 2021

Unimed Sergipe já realizou mais de 13 mil exames de Covid-19 em laboratório próprio

Referência no tratamento da Covid-19 no estado, a Unimed Sergipe também se destacou em outro ponto de grande importância durante a pandemia do novo Coronavírus: a agilidade no diagnóstico. Para acompanhar a crescente demanda, a cooperativa médica foi pioneira, sendo a primeira instituição particular do estado a implantar um espaço para elaboração de exames moleculares – RT PCR – para confirmação da Covid-19.

unimedd.png.jpg

“O nosso planejamento de enfrentamento à Covid-19 teve um reconhecimento a nível nacional no sistema Unimed porque fomos acompanhando a evolução da pandemia com o tempo. No momento em que os resultados dos exames começaram a ficar demorados, tínhamos que buscar uma solução que contemplasse os nossos clientes de uma forma efetiva. Então, montamos esse laboratório com a finalidade exatamente de agilizar os resultados. Foi um grande sucesso porque fomos pioneiros nisso”, explica o diretor financeiro da Unimed Sergipe, Dr. Alvimar Rodrigues de Moura.

Com a implantação do espaço exclusivo para exames de detecção de Covid-19, a Unimed Sergipe atingiu uma importante marca: já são mais de 13 mil exames, do tipo RT PCR, realizados desde o início da pandemia no estado, no mês de março. Este montante expressivo corrobora o esforço da instituição em atender o aumento da demanda ocasionada pela pandemia.

“Esse número é muito expressivo porque, com isso, tivemos um melhor conhecimento do perfil do nosso paciente durante a pandemia. Quanto maior o número de testados, mais efetividade a gente tem nas nossas ações pelo ponto de vista de estruturação. Esse foi o nosso grande diferencial, nós nos preparamos para enfrentar esse momento e nos preparamos de uma forma que tomamos medidas contingenciais para ir adequando nossa estrutura a medida em que a pandemia avançava”, continua Dr. Alvimar.
Dr alvimar png.png

Estrutura

Para se tornar referência no combate à Covid-19 no estado, a Unimed se preparou em termos de estrutura, o que fez toda a diferença. “O hospital Unimed deu provas de uma estrutura formidável, onde a gente louva os profissionais da linha de frente que estiveram se expondo, muitos adoecendo em serviço e voltando  após o tratamento. Isso foi fundamental para que a gente tivesse condições de transcorrer esse período de uma forma estável, em nenhum momento nossos clientes tiveram dificuldades em termo de assistência”, destaca Dr. Alvimar.

“Nós conseguimos dotar uma estrutura praticamente própria só para atendimento à Covid, com fluxos internos para exames e para internamento totalmente separados do fluxo normal de atendimento do hospital. Isso também foi um fator muito importante. Os fluxos não se cruzavam dentro do hospital e essas medidas começaram a ser adotadas no dia em que foi decretada calamidade pública nacional”, finaliza Dr. Alvimar.