UNIMED - Sergipe
15 de Outubro de 2021

“Cada dia no Hospital Unimed é uma oportunidade de adquirir novos conhecimentos, sou grata por fazer parte desse time"

Revela a fisioterapeuta Luma Lustosa que integra a equipe de UTI da Unimed Sergipe

POST.png

 
Na última quarta, 13, os Fisioterapeutas e Terapeutas Ocupacionais foram celebrados em função da data comemorativa relativa à profissão. No Time Unimed contamos com diversos ‘fisios’, como são carinhosamente chamados no dia a dia, na equipe multidisciplinar do Hospital Unimed.  
 
Com atenção e cuidado, esses profissionais ajudam na dinâmica do movimento corporal e auxiliam no tratamento dos pacientes hospitalizados. Na pandemia da Covid-19, o fisioterapeuta foi uma das peças-chave no tratamento respiratório. A fisioterapeuta Luma Lustosa, integrante da equipe de UTI do Hospital Unimed, compartilha na entrevista do Sou do Time de hoje, 15, a sua paixão pela área e como o atendimento humanizado, do Hospital Unimed, possibilita o tratamento do paciente de forma integral.
 
Confira:   
 
UNIMED SERGIPE: Conte um pouco da sua trajetória profissional e como chegou na Unimed Sergipe?  
 
LUMA SOARES LUSTOSA: Sou formada em fisioterapia pela Universidade Federal da Paraíba, logo após a finalização da graduação, ingressei na Residência Multiprofissional em Saúde do Adulto e do Idoso no Hospital Universitário de Sergipe, essa experiência me permitiu visualizar a importância do atendimento humanizado e em equipe multiprofissional do paciente, logo em seguida fiz mestrado pela Universidade Federal de Sergipe. Quando terminei o mestrado, resolvi ingressar no mercado de trabalho e já haviam me falado como era diferencial para a vida profissional trabalhar no Hospital Unimed. Assim, logo me candidatei a uma seleção e consegui fazer parte desta equipe maravilhosa, que prioriza entregar a melhor assistência ao paciente.  
 
 
US: Qual o papel do Fisioterapeuta na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e no atendimento de emergência do Hospital Unimed?    
 
LS: Na Unidade de Terapia Intensiva, o fisioterapeuta compartilha o gerenciamento da assistência ventilatória mecânica invasiva e não-invasiva, buscando que o paciente respire por menos tempo com auxílio de aparelhos e que está em contínua avaliação e monitorização sistemática das diversas variáveis dos sistemas cardiorrespiratório e neuro-músculo-esquelético. Além de atenuar as disfunções do aparelho locomotor associadas à restrição no leito, através da mobilização precoce. Bem como, impedindo o acúmulo de secreção e, assim, melhorar a expansão pulmonar e a oxigenação do paciente, buscando reduzir o tempo de internação e impactando de forma positiva a sua qualidade de vida. Esses benefícios ampliaram a atuação fisioterapêutica para a unidade de pronto atendimento, visando reduzir complicações, tempo de internação hospitalar e proporcionando a identificação e atuação precoce em problemas cardiopulmonares e Cinésio-Funcionais.  
 
US: Qual a importância do fisioterapeuta dentro da equipe multidisciplinar?  
 
LS: O fisioterapeuta atua dentro da equipe multidisciplinar contribuindo para ampliação da visão em relação ao paciente, tanto no âmbito do diagnóstico quanto do tratamento. Sempre com foco em manter e melhorar a funcionalidade do paciente, além de prevenir perdas na função cardiorrespiratória.
 
US: A Fisioterapia traz diversos benefícios no tratamento dos pacientes, além de promover mais qualidade de vida. Quais são essas contribuições?  
LS: A Fisioterapia é uma ciência da saúde que atua no estudo, pesquisa, promoção, prevenção e tratamento, com foco na funcionalidade em todas as suas dimensões, que além de participar de forma efetiva da equipe multi e interprofissional, também contribui para a melhora da qualidade de vida. Tudo isso favorece na prevenção e promoção de saúde. Como também, quando há necessidade na reabilitação de pacientes que apresentam doenças crônicas e incapacitantes.
 
US: O que te orgulha em fazer parte do Time Unimed?  

LS: Desde que estava na graduação, logo em seguida na residência, escutava alguns relatos negativos sobre o mercado de trabalho, então tinha medo de ser engolida e não ter a oportunidade de exercer minha profissão de forma humanizada. Ao chegar no Hospital Unimed esse meu medo foi sanado, além disso as relações de trabalho entre a equipe multiprofissional ocorrem de forma horizontalizada, permitindo a visão holística do paciente. Cada discussão com a equipe é uma nova oportunidade de adquirir e compartilhar conhecimentos, isso me tornar cada dia mais grata por fazer parte desse Time.